As exportações brasileiras de arroz (base casca) tiveram em dezembro um dos melhores desempenhos de 2021. Segundo a Abairroz (Associação Brasileira da Indústria do Arroz), os embarques no mês passado alcançaram 171.574 toneladas, contra 51.092 toneladas de igual período de 2020.

O valor exportado do cereal em dezembro foi de US$ 46,8 milhões, contra US$ 16,2 milhões do mesmo mês de 2020, de acordo com a Abiarroz, com base em dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério da Economia.

“As vendas externas retomaram fôlego em dezembro, criando uma expectativa otimista para 2022, quando teremos oferta de matéria-prima e câmbio favorável”, diz o diretor de Assuntos Internacionais da Abiarroz, Gustavo Trevisan.

Ele lembra ainda que o segundo semestre de 2021 foi impactado pela falta mundial de navios e contêineres. “A pandemia desajustou a logística da cadeia de suprimentos. Isso causou forte alta no preço do frete marítimo e reduziu as exportações do nosso arroz.”

Em dezembro, os principais destinos do cereal brasileiro foram Venezuela, Países Baixos, Dinamarca, Itália, Islândia e Chile.

O Brasil importou, no mês passado, 58.943 toneladas, contra 218.459 t de igual período de 2020.

Em 2021, as exportações totais de arroz (base casca) somaram 1 milhão e 153 mil toneladas, contra importações de 1 milhão 004 mil t.

Fonte: Abiarroz