A saúde do solo é de extrema importância para garantir boas produtividades. O uso de fertilizante pode ser um aliado para combater a degradação, mas é preciso seguir algumas orientações. Flávio Bonini, gerente técnico de produtos da Mosaic Fertilizantes, fala sobre os pontos principais da degradação do solo.

“O primeiro estágio é justamente a perda da produtividade química. A gente começa a retirar nutrientes e a planta perde vigor. Aumenta a exposição de abertura do solo, e com o aumento das chuvas, também é maior a erosão do solo”, destaca.

Segundo Bonini, o papel dos fertilizantes em áreas degradadas é fundamental. Mas, antes de escolher o produto, é necessário seguir alguns passos.

“O primeiro passo é fazer um diagnóstico da área, utilizando uma ferramenta que existe no mercado há muito tempo e está acessível para a maioria dos produtores, que é a análise de solo. Após o resultado dessa avaliação, nós procuramos um agrônomo de confiança, de onde virá uma recomendação para qual fertilizante será o mais adequado para aquele tipo de terra”.

Flávio Bonini diz que para um bom manejo do solo, o produtor deve seguir o princípio conhecido como ‘4Cs’. “Ele deve aplicar o nutriente correto, na dose correta, no local correto, com o tempo correto. Fazendo isso, o produtor conseguirá boas performances, com lavouras produtivas e sustentáveis”, pontua.

Fonte: Canal Rural