A escassez de milho no mercado interno, devido à alta demanda internacional e aos problemas na segunda safra, levou o Brasil a importar 820 mil toneladas de milho entre janeiro e maio deste ano. Isso representa mais de 60% do total comprado em todo o ano passado. No caso da soja, as importações chegaram a 400 mil toneladas, quase metade das 820 mil toneladas adquiridas em todo o ano de 2020.

Fonte: Canal Rural