Ao longo desta semana (1° a 05/03) o valor médio das alfaces teve aumento em Mogi das Cruzes (SP). Com o clima mais firme, a qualidade dos produtos apresentou leve melhora, fator que contribuiu para os reajustes. Além disso, produtores disseram que tentaram repassar o aumento nos custos nas cotações, que foi absorvida pelo mercado nesta semana. A variedade crespa teve acréscimo de 6,03%, finalizando à média de R$ 21,36/cx com 20 unidades; a americana registrou alta de 2,94%, a R$ 22,50/cx com 12 unidades.

Já em Ibiúna, a oferta da folhosa se elevou, devido a menores índices de precipitações e, assim, as variedades fecharam em queda. O valor da crespa se reduziu 19,72%, estabilizando em R$ 17,53 /cx com 20 unidades; a lisa teve baixa de 5,26% a R$ 17,53/cx com 20 unidades.

Produtores consultados pelo Hortfruti/Cepea relataram que as novas restrições da pandemia devem afetar a procura, com o fechamento de bares e restaurantes, podendo afetar o mercado das folhosas e os preços das alfaces nas próximas semanas.

Fonte: hfbrasil.org.br