A colheita de soja começa a se intensificar no Brasil, mas dificuldades logísticas já preocupam agentes consultados pelo Cepea. Além de filas de caminhões em algumas estradas nacionais – como nas de Itaituba (PA), que têm acesso ao porto paraense de Miritituba –, agentes relatam filas de navios também nos portos brasileiros. Muitos sojicultores têm pressa em colher a oleaginosa, com o objetivo de conseguir cumprir os contratos.

Fonte:  Agrolink