Com o início da colheita nas regiões de Campinas, Porto Feliz (SP) e Marialva (PR), a oferta de uvas se elevou no mercado nacional. Para a niagara, o fim das safras de Pirapora (MG) e de Jales (SP) restringiu o acesso à variedade rústica até o final de novembro, mas, agora, houve retomada na disponibilidade desta fruta, que apresenta boa qualidade.

Quanto às finas, parreirais do Vale do São Francisco (PE/BA) registraram recuperação de produtividade em meses anteriores. Até novembro, as exportações estavam bastante aquecidas, dificultando um possível aumento do volume no mercado doméstico. Contudo, nas últimas semanas, os envios se desaceleraram e a oferta aumentou na região, mesmo que levemente.

Com a entrada dos cachos do Paraná, o volume disponível também se ampliou nos atacados, mas as compras já estão se intensificando, com o objetivo de atender à demanda para as festividades de fim de ano. Apesar de as vendas seguirem fluidas, o acréscimo na oferta tem restringido os preços nas roças, frente aos observados nos últimos meses.

Fonte: Cepea/Hortifruti