O engenheiro-agrônomo Oswaldo Ferreira Filho afirma que as chuvas prosseguiram na região desde a semana passada até dia 27, garantindo boas condições de umidade ao solo.

“O clima está muito favorável na região ao cultivo. Hoje o tempo está aberto e os produtores estão com as máquinas no campo. A expectativa é de que os trabalhos avancem até o final de semana, quando deve chover de novo na região”, comenta.

Ferreira Filho ressalta que as lavouras vêm apresentando um desenvolvimento inicial muito bom, ingressando na fase de germinação. De acordo com a Emater, por conta dos bons investimentos em tecnologia por parte dos produtores, a expectativa é de que sejam colhidos ao menos 3.900 quilos de soja.

O mais recente levantamento de Safras & Mercado estima uma área cultivada para o estado de Minas Gerais de 1,745 milhão de hectares de soja na safra 2020/2021, alta de 2,6% ante os 1,7 milhão de hectares registrados na safra anterior (2019/20).

A produção de oleaginosa deverá atingir 2,704 milhões de toneladas, 17,7% abaixo das 2,297 milhões de toneladas colhidas na safra 2019/20. O rendimento médio previsto deve ficar em 3.660 quilos por hectare, aquém dos 3.780 quilos por hectare obtidos na temporada anterior (2019/2020).

Fonte: Canalrural